PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Vale caminha para retomada após tropeço em produção

James Attwood e Vinícius Andrade

15/07/2020 13h04

(Bloomberg) — A Vale deve apresentar recuperação em sua produção e lucratividade no segundo trimestre, em meio ao fortalecimento dos preços do minério de ferro no período.

A empresa provavelmente produziu 69 milhões de toneladas de abril a junho, de acordo com a estimativa média de cinco analistas consultados pela Bloomberg. O número se compara a 59,6 milhões de toneladas produzidas no primeiro trimestre deste ano e a 64,1 milhões no segundo trimestre de 2019.

Os preços do minério de ferro atingiram o nível mais alto em cerca de um ano com sinais de produção robusta de aço na China e preocupações relacionadas ao impacto da explosão de casos de Covid-19 no Brasil sobre a oferta. Apesar da interdição temporária no Complexo de Itabira, a empresa conseguiu manter a produção em meio à pandemia, sustentando o rali das ações e títulos da mineradora.

"A incerteza no mercado de minério de ferro do lado da oferta tem sido guiada pela Vale", disse Scott Schier, analista da Clarksons Platou Securities, em entrevista. "Buscaremos maior clareza sobre as expectativas da Vale e se a companhia reitera o guidance de volume para 2020".

No início de julho, o diretor financeiro Luciano Siani Pires disse que a empresa espera acelerar a produção na segunda metade do ano para atingir a meta de produção anual de 310-330 milhões de toneladas.

O Ebitda da companhia provavelmente se recuperou para US$ 3,6 bilhões no último trimestre, de acordo com a média das estimativas, contra US$ 2,8 bilhões no mesmo período do ano anterior. Dado que grandes aquisições ou projetos de expansão não estão no radar, os analistas estão vendo sinais de que a Vale pode retomar o pagamento de dividendos já a partir do terceiro trimestre. Os pagamentos foram interrompidos após o desastre da barragem de Brumadinho no ano passado.

A empresa provavelmente reabrirá neste ano as principais minas que foram fechadas após o colapso de Brumadinho, disse Wilson Nélio Brumer, presidente do conselho diretor do Instituto Brasileiro de Mineração, em entrevista no início do mês.

O minério de ferro ampliou os ganhos para perto de US$ 110 a tonelada nesta semana em meio às crescentes importações chinesas. Os preços devem ficar acima de US$ 90 a tonelada nos próximos dois trimestres, analistas do JPMorgan escreveram em relatório.

A Vale divulga seu relatório de produção na próxima segunda-feira e seu balanço em 29 de julho, após o fechamento dos mercados.

©2020 Bloomberg L.P.