Barril do Texas cai 2,06% e fecha com menor valor desde fevereiro de 2004

Nova York, 7 jan (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em queda de 2,06%, cotado a US$ 33,27, seu valor mais baixo desde fevereiro de 2004.

Ao final da sessão de hoje na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em fevereiro ficaram US$ 0,70 mais baratos em relação ao fechamento de ontem.

O dia tinha começado com perdas superiores a 3%, em linha com os descensos que vêm se acumulando nas últimas semanas, mas posteriormente teve uma correção em alta, embora depois tenha voltado a mergulhar na tendência de baixa.

A queda aconteceu depois da divulgação da notícia que as reservas de gás natural nos Estados Unidos tiveram uma queda semanal maior que o esperado, um dado que chegou inclusive a levar o barril de referência nos Estados Unidos ao terreno positivo.

Porém, posteriormente recuperou a tendência de baixa inicial, e terminou perdendo 2,06%, com o que acumula um descenso de 10,18% em relação ao preço de fechamento do ano passado.

O preço alcançado hoje está nos níveis de há quase 12 anos. O valor de fechamento de 9 de fevereiro de 2004 foi de US$ 32,83 o barril, embora no dia seguinte já tenha subido a US$ 33,87.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em fevereiro perderam US$ 0,02 e fecharam em 1,15 o galão, enquanto os de gasóleo de calefação para entrega no mesmo mês também caíram US$ 0,02 e encerraram o dia em US$ 1,07 o galão.

Já os contratos de gás natural para entrega em fevereiro subiram US$ 0,12 e fecharam a US$ 2,38 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos