Bolsas

Câmbio

Jornal francês "Le Figaro" completa 190 anos

Paris, 15 jan (EFE).- O jornal francês "Le Figaro" completa nesta sexta-feira 190 anos desde que publicou seu primeiro número em 15 de janeiro de 1826 sob a máxima: "Sem a liberdade para criticar, nenhum elogio é adulador".

A cabeceira, que nasceu com vocação satírica, recebe seu nome do personagem criado pelo dramaturgo francês Beaumarchais e autor de "O Barbeiro de Sevilha" e "As Bodas de Fígaro", de quem tomou emprestado seu lema de fundação.

Contrário à Restauração monárquica em seu início, em quebra em várias ocasiões e suspenso pelo regime colaboracionista de Vichy em 1942, o periódico se caracteriza por manter uma estreita relação com a literatura.

Em suas páginas escreveram intelectuais como Charles Baudelaire, Honoré de Balzac, Alexandre Dumas, André Gide, Marcel Proust, Paul Valéry, Émile Zola e Omar Sharif, entre outros.

Vendido a 2 euros em sua edição normal e com uma tiragem de 317.614 exemplares diários, segundo dados de 2014, "Le Figaro" é atualmente um diário conservador e gaullista que desde 2007 é dirigido por Alexis Brézet.

O periódico é, desde 2004, propriedade do multimilionário e senador conservador Serge Dassault, dono também do grupo de defesa e aeronáutica do mesmo nome que fabrica os caças Mirage e Rafale, além dos aviões privados de negócios Falcon.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos