Bolsas

Câmbio

Crise de refugiados ameaça livre-circulação na Europa, alerta diretora do FMI

Davos (Suíça), 23 jan (EFE).- A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, advertiu neste sábado que a crise de refugiados na Europa chegou a um ponto em que deve ser resolvida ou pode ameaçar a continuidade do Tratado de Schengen de abertura de fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países do continente que são signatários.

Em discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, Lagarde insistiu que a crise de refugiados representa um risco concreto para a sobrevivência do chamado espaço Schengen.

No entanto, ela também lembrou que análises do FMI indicam que se os países iniciassem sistemas de integração apropriados, este fenômeno migratório e de refugiados geraria a curto e médio prazo um crescimento adicional de 1,2 ponto percentual para a economia da zona do euro.

Lagarde comentou ainda que outro desafio urgente para om continente é dirigir a um bom resultado as negociações entre União Europeia e Reino Unido para prevenir uma eventual saída do país do bloco comunitário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos