Topo

Cazaquistão reduz previsões de crescimento e de produção de petróleo

23/02/2016 15h50

Astana, 23 fev (EFE).- O Cazaquistão reduziu nesta terça-feira suas estimativas de produção de petróleo para 2016 de 77 milhões a 74 milhões de toneladas, e rebaixou suas perspectivas de crescimento econômico de 2,1% a 0,5%.

"Segundo o Ministério de Energia, as previsões de produção de petróleo se reduziram de 77 milhões a 74 milhões de toneladas", disse o ministro da Economia, Yerbolat Dossayev, em entrevista coletiva em Astana.

O ministro da Energia do Cazaquistão, Vladimir Shkolnik, reduziu no mês passado as estimativas para 2016 a 77 milhões de toneladas em comparação com a produção de 79 milhões de toneladas do ano anterior devido ao esgotamento de alguns campos e aos desafios técnicos que diminuem a produção em outros.

Dossayev anunciou também que a previsão para o PIB se rebaixou de 2,1% a 0,5% devido aos baixos preços do petróleo, mas disse que tinha certeza que o crescimento seria positivo este ano apesar da perspectiva econômica que têm atualmente os países produtores de petróleo.

"O governo desenvolverá um novo plano estratégico para o desenvolvimento do país até o ano 2025. O projeto estará pronto para meados de ano. Todas as novas tendências e a nova direção do desenvolvimento da economia do Cazaquistão se refletirão neste plano", garantiu Dosayev.

Mais Economia