Bolsas

Câmbio

Meios de comunicação e marinheiros gregos convocam greve de 48 horas

Atenas, 19 abr (EFE).- Os meios de comunicação e os marinheiros gregos convocaram greves de 48 horas a partir de quinta-feira contra a reforma tributária e de pensões, protestos que coincidirão com o debate das leis na quinta-feira.

A reforma da previdência provocou grande polêmica e resposta social entre os cidadãos gregos desde que foi proposta, já que reduzirá consideravelmente o nível aquisitivo dos aposentados, que já viram cortadas suas pensões nos últimos anos em uma média de 30%.

A imprensa escrita, impressa e digital, as agências de informação e os gabinetes de imprensa farão greve desde quinta-feira até sábado.

Por sua vez, as televisões, tanto públicas como privadas, realizarão a greve na sexta-feira e sábado.

A Federação de Marinheiros da Grécia (PNO) também convocou uma greve de 48 horas, que pode ser ampliada.

Os trabalhadores dos portos aderiram à greve em várias ocasiões para pedir a retirada da reforma da previdência proposta pelo governo aos credores do país.

Além disso, trabalhadores da administração local se concentraram hoje em Atenas contra o Ministério do Interior contra a reforma da previdência e para exigir melhoras em seus direitos trabalhistas. EFE

am/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos