Bolsas

Câmbio

Corpo do vice-ministro boliviano assassinado por mineiros é recuperado

La Paz, 26 ago (EFE).- O corpo do vice-ministro de Regime Interior da Bolívia, Rodolfo Illanes, que foi espancado até a morte quando estava sequestrado por mineiros, foi resgatado nesta sexta-feira e levado a La Paz onde passará por autópsia.

O procurador-geral do Estado, Héctor Arce, e o ministro do Trabalho, Gonzalo Trigoso, receberam o corpo de Illanes na cidade de El Alto, vizinha de La Paz, às 2h30 (horário local, 3h30 em Brasília), indicou à Agência Efe uma fonte da Procuradoria. O corpo chegou a La Paz em uma ambulância escoltada por policiais e agora está em uma clínica particular onde passa por autópsia. Conforme uma observação inicial, Illanes sofreu vários golpes na cabeça, particularmente na nuca.

O procurador Arce disse a jornalistas que Illanes era "um homem bom, com uma vida regrada" que tentou solucionar o conflito dos mineiros quando foi ontem a Panduro, a 180 quilômetros de La Paz, para se reunir com o grupo.

O ministro do Interior da Bolívia, Carlos Romero, confirmou à noite que Illanes foi "covarde e brutalmente assassinado", depois de ter sido sequestrado pelos mineiros.

Romero disse que Illanes pediu para ir a Panduro para começar os diálogos com os manifestantes das cooperativas mineradoras que bloqueiam as estradas para serem contrários a uma lei promulgada pelo presidente Evo Morales. Os mineiros rejeitam a norma porque ela estimula a formação de sindicatos nas cooperativas, o que eles consideram prejudicial para o funcionamento desse tipo de organização.

Evo Morales está reunido neste momento no Palácio de Governo com seus ministros da área e ao final do encontro dará uma entrevista coletiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos