PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Gaza paralisa usina elétrica por falta de combustível

22/09/2016 12h56

Gaza, 22 set (EFE).- A Autoridade Energética de Gaza anunciou a paralisação de sua única usina na Faixa devido à falta de combustível, informa em um breve comunicado através de seu site.

"A usina será paralisada temporariamente porque não há combustível, o que conduzirá a certas anomalias nos programas de distribuição", diz o anúncio.

A paralisação ocorre por causa do fechamento na quarta-feira da passagem fronteiriça de Kerem Shalom, por onde entra o combustível e outras mercadorias à bloqueada Faixa palestina governada pelos islamitas do Hamas.

A ANP, que controla só a Cisjordânia, mas que cuida da entrada de mercadorias em Gaza, informou que a passagem comercial foi fechada pelas autoridades israelenses por conta de um roubo e de ações de sabotagem nas instalações, embora até agora não foi atribuída responsabilidade do ataque.

A Faixa de Gaza consome diariamente entre 480 e 500 megawatts, dos quais 120 chegam de Israel, 30 do Egito e o resto é gerado na usina paralisada.

Devido a esta situação, os 1,9 milhão de habitantes da Faixa dispõem de eletricidade em intervalos de oito horas.