Bolsas

Câmbio

Odebrecht Óleo e Gás reforça área de Conformidade

Rio de Janeiro, 31 out (EFE).- A Odebrecht Óleo & Gás (OOG) anunciou hoje a chegada de Nir Lander como novo líder da área de Conformidade. A reestruturação da equipe, com a chegada do Chief Compliance Officer (CCO), está alinhada ao processo de contínua evolução da estrutura de governança corporativa da Odebrecht Óleo & Gás. O CCO se reportará ao Comitê de Conformidade, órgão ligado diretamente ao Conselho de Administração da OOG. O Comitê de Conformidade é formado por três membros - dois conselheiros indicados pela Odebrecht e um independente.

Com as mudanças, a companhia busca se equiparar às práticas mais avançadas de conformidade e governança em vigor no mundo hoje. "A nova estrutura da empresa demonstra a independência no tratamento dos temas relacionados à Conformidade. O CCO ficará ligado ao Comitê de Conformidade, subordinado ao Conselho de Administração, dando-lhe total independência em relação à direção da empresa, com poderes de investigar até o CEO", afirma Roberto Simões, presidente da Odebrecht Óleo & Gás.

Engenheiro por formação, o israelense Nir Lander possui mais de 14 anos de experiência em empresa de grande porte, tendo construído uma sólida carreira nas áreas de Auditoria Interna, Combate à Fraude Corporativa e Conformidade. Lander chega à Odebrecht Óleo e Gás com a missão de implantar e disseminar as melhores práticas existentes no mercado, buscando tornar a empresa referência no assunto. "Nosso objetivo é aperfeiçoar e manter um Sistema de conformidade efetivo, com medidas que visam prevenir, detectar e remediar, de forma sistêmica, riscos de não cumprimento com as leis aplicáveis e ocorrência de quaisquer outras condutas não éticas", relata Lander.

Na liderança do Programa de Conformidade, o CCO terá como principais atribuições monitorar a exposição a riscos, gerenciar os trabalhos de auditoria interna, acompanhar os sistemas de controle interno, supervisionar o Canal Linha Ética, coordenar o Comitê de Ética, disseminar o Código de Conduta, coordenar ou autorizar investigações internas, realizar treinamentos e supervisionar as políticas empresariais e corretivas ligadas à conformidade.

Para reforçar o compromisso da empresa com a conformidade, a Odebrecht Óleo e Gás assumiu dois importantes compromissos no início do mês: aderiu ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU) e o Pacto Empresarial pela Integridade e contra a Corrupção do Instituto Ethos. As duas iniciativas buscam promover um mercado mais íntegro e ético e são passos importantes para a empresa. Eles estão alinhados com o Compromisso Odebrecht para uma atuação com Ética, Integridade e Transparência.

Ancorado em 10 princípios, o Pacto Global é uma iniciativa que visa mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. No mundo, 12 mil organizações já aderiram voluntariamente ao Pacto Global. Já o Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção tem como propósito unir empresas para promover um mercado mais íntegro e ético, erradicando a prática do suborno e a corrupção. De forma voluntária, a Odebrecht Óleo e Gás irá disponibilizar os principais indicadores relacionados aos dois pactos em seu relatório anual, onde detalhará ainda todas as ações que foram realizadas para corroborar os compromissos assumidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos