Bolsas

Câmbio

China introduz imposto de 10% para os veículos luxuosos

Pequim, 1 dez (EFE).- O Ministério das Finanças da China anunciou nesta quinta-feira o estabelecimento de um imposto adicional de 10% à compra de veículos de marcas de superluxo, entre elas Ferrari, Bentley, Aston Martin e Rolls Royce.

Segundo informou a instituição em comunicado, a nova taxa será aplicada aos veículos com um custo superior a 1,3 milhão de iuanes (US$ 189 mil) e é destinada tanto a reduzir o consumo de luxo como a diminuir das emissões poluentes.

A China é um dos principais mercados dos automóveis de alto padrão.

A taxa se insere na campanha de "frugalidade" e contra a corrupção que o regime comunista lançou desde a chegada ao poder do presidente Xi Jinping, em 2013.

O imposto entra em vigor hoje, no mesmo dia no qual o Partido Comunista da China acrescentou novas leis contra os "excessos" que rodeiam algumas autoridades, às quais aconselhou "viajar sem luxo, minimizar seu impacto na vida pública e não ter veículos que excedam os padrões".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos