Bolsas

Câmbio

Barril do Texas fecha em alta de 1,99%

Nova York, 19 mai (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou em alta de 1,99% nesta sexta-feira, cotado a US$ 50,33, ultrapassando a barreira simbólica dos US$ 50 pela primeira vez desde 20 de abril, devido às expetativas pela próxima reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em junho subiram US$ 0,98 em relação ao fechamento de ontem.

O WTI, o petróleo de referência nos Estados Unidos, não era negociado acima dos US$ 50 em seu fechamento desde o dia 20 de abril. Neste ano, sua cotação chegou a um máximo de US$ 54,45 o barril em 23 de fevereiro, e a um mínimo de US$ 45,52 em 4 de maio.

A alta de hoje foi atribuída pelos analistas às expectativas para a reunião na próxima quinta-feira em Viena, na Áustria, de representantes da Opep para analisar os níveis de produção.

O mercado espera que nessa reunião seja ampliado o acordo alcançado em 30 de novembro do ano passado para reduzir a produção de petróleo, o que permitiu a recuperação dos preços internacionais da commodity.

O aumento de hoje aconteceu mesmo após a divulgação de um novo aumento no número de plataformas petrolíferas em operação nos Estados Unidos, que cresceu em oito unidades, para o total de 720. Há um ano, as plataformas ativas nos EUA eram 318.

As instalações petrolíferas dos Estados Unidos estão recuperando o ritmo conforme os preços vão aumentando, depois que os mesmos despencaram com força no segundo semestre de 2014 por um excesso de oferta no mercado.

Por sua vez, os contratos de gasolina para entrega em junho subiram US$ 0,05, cotados a US$ 1,65 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês aumentaram em US$ 0,07 e encerraram o dia em US$ 3,26 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos