Bolsas

Câmbio

Governo argentino nomeia economista como novo diretor do Banco Central

Buenos Aires, 31 jul (EFE).- O governo da Argentina nomeou nesta segunda-feira o economista e jornalista Enrique Szewach como novo diretor do Banco Central, substituindo Pedro Biscay, que deixou o cargo na última semana.

Szewach foi indicado pelo presidente do país, Mauricio Macri, em um decreto publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial. No decreto, o governo pede ao Senado que aprove o nome do economista para o comando da instituição.

Graduado em Economia na Universidade de Buenos Aires, Szewach presidiu, entre 1995 e 2015, a empresa Evaluadora Latino-Americana, dedicada à classificação de risco. Desde que Macri assumiu a presidência, o também jornalista foi vice-presidente do Banco da Nação da Argentina.

Szewach substitui Biscay, que tinha sido designado para a diretoria do Banco Centrla em 2014, pela então presidente do país, Cristina Kirchner.

O governo de Macri decidiu tirá-lo do cargo por considerar que ele incorreu em "má conduta" e "descumprimento dos deveres de funcionário público" após realizar afirmações críticas às políticas de austeridade monetária do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos