Bolsas

Câmbio

Barril do Texas fecha em baixa de 0,17%

Nova York, 13 fev (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em baixa de 0,17%, cotado a US$ 59,19, o valor mais baixo deste ano, coincidindo com novos anúncios sobre o aumento da produção de petróleo nos Estados Unidos.

Ao final do pregão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em março caíram US$ 0,10 em relação ao preço do fechamento de ontem.

No seu relatório mensal, a Agência Internacional da Energia (AIE) aumentou hoje a previsão da demanda global de petróleo para este ano, até uma média de 99,2 milhões de barris diários.

Mas também ressaltou que o aumento na Extração em países que não pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), e particularmente nos EUA, pode compensar amplamente a progressão da demanda.

A AIE qualificou como "colossal" o aumento na produção de petróleo nos EUA, e antecipou que no final do ano o país pode se tornar o primeiro produtor mundial, na frente da Rússia.

Os EUA extraem atualmente cerca de 10 milhões de barris diários de petróleo, um nível parecido ao da Arábia Saudita, o maior exportador de petróleo da Opep.

Mesmo assim, ainda o país tem que importar para suprir as suas necessidades energéticas.

Por outro lado, os contratos de gasolina para entrega em março fecharam com alta de US$ 0,01, para US$ 1,69 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,04, para US$ 2,59 por cada mil pés cúbicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos