Bolsas

Câmbio

EUA preparam mais tarifas sobre produtos chineses no valor de US$ 200 bilhões

Washington, 18 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou nesta segunda-feira a preparação de novas tarifas de 10% sobre produtos importados da China no valor de US$ 200 bilhões.

Trump já havia imposto na semana passada tarifas de 25% a produtos chineses no valor de US$ 50 bilhões, aos quais o gigante asiático respondeu com encargos idênticos.

"Isto é inaceitável. Devem ser tomadas medidas adicionais para encorajar a China a mudar suas práticas desleais, abrir seu mercado aos produtos americanos e aceitar uma relação comercial mais equilibrada com os Estados Unidos", disse hoje Trump em comunicado.

É com esse argumento que o presidente americano ordenou a seu representante de Comércio Exterior, Robert Lighthizer, que "identifique" produtos no valor de US$ 200 bilhões para impor novas tarifas de 10%.

"Uma vez que se complete o processo legal, estas tarifas entrarão em vigor se a China se negar a mudar suas práticas, e também se insistir em seguir adiante com as novas tarifas que anunciou recentemente", advertiu Trump.

"Se a China aumentar suas tarifas mais uma vez, responderemos a essa medida aplicando tarifas adicionais sobre outros US$ 200 bilhões em bens", alertou o presidente americano.

As duas maiores economias do mundo estão imersas em uma guerra comercial devido às tarifas que os EUA estão impondo às importações chinesas.

Trump considera que o déficit comercial de Washington em relação a Pequim, que cifra em US$ 376 bilhões anuais, é inaceitável e tem que ser equilibrado.

Os Estados Unidos impuseram na semana passada tarifas de 25% a 1.300 produtos chineses no valor de US$ 50 bilhões, que se somam aos encargos em nível mundial sobre as importações de aço (25%) e alumínio (10%).

A China respondeu às tarifas metalúrgicas com encargos a 128 produtos americanos e aos anunciados na semana passada com uma nova lista de 106 produtos no valor de US$ 50 bilhões, entre eles soja, automóveis e aviões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos