PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Dow Jones fecha em baixa de 0,57%

30/07/2018 19h21

Nova York, 30 jul (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta segunda-feira em baixa de 0,57% em mais um pregão de quedas de ações de empresas do setor tecnológico e com novos resultados trimestrais de empresas de grande peso no mercado.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 144,23 pontos e chegou a 25.306,83. Já o seletivo S&P 500 recuou 0,58%, até 2.802,60, enquanto o índice composto da Nasdaq caiu 1,39%, para 7.630,00 pontos.

Dentro do setor de tecnologia, o Facebook, que viu suas ações caírem 18% na última quinta-feira, registrou nova queda hoje, de 2,19%. Os papéis de outras importantes empresas do setor também foram afetadas no pregão de hoje: Apple (-0,56%), Alphabet (-1,82%), Amazon (-2,09%) e Netflix (-5,7%).

Já os títulos do Twitter caíram 8,03% hoje, um reflexo da diminuição do ritmo de crescimento dos usuários da rede social e que tinha feito os papéis da empresa perderem 20,5% do valor na sexta.

Parte das preocupações dos investidores na sessão de hoje veio do mundo político. Segundo a imprensa americana, Canadá, União Europeia, Japão, México e Coreia do Sul estão organizando uma reunião para dar uma resposta conjunta às tarifas que os Estados Unidos ameaçaram impor sobre as importações de automóveis.

Na política interna, o Federal Reserve, o banco central americano, começa amanhã uma reunião de dois dias sobre a política monetária do país. O mercado espera extrair do encontro novas pistas sobre o ritmo da alta de juros no país.

Entre os resultados empresariais divulgados hoje, a Caterpillar anunciou um aumento de 198% no lucro obtido no semestre. Mas, apesar de superar as expectativas, os papéis da empresa caíram 1,97%.

As principais quedas registradas hoje no Dow Jones foram das ações de Visa (-3,01%), American Express (-2,89%), Boeing (-2,66%) e Microsoft (- 2,15%). Por outro lado, subiram os papéis de Merck (2,08%), Chevron (1,48%) e Verizon (0,92%).

Em outros mercados, a onça do ouro caía para US$ 1.220,20, enquanto o rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos avançava até 2,975%.