PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Ministro de Relações Exteriores alemão deseja redefinir relação com os EUA

22/08/2018 09h56

(Acrescenta esclarecimento porta-voz governamental)

Berlim, 22 ago (EFE).- O ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, pede, em artigo publicado nesta quarta-feira pelo jornal "Handelsblatt", uma redefinição da relação com os EUA, com a qual pretende "fortalecer o pilar europeu na aliança transatlântica".

"É hora de redefinir a nossa relação com os EUA, não para deixá-la para trás, mas para renová-la e conservá-la", disse Maas no artigo.

Maas considera que os países europeus devem "criar um contrapeso onde são ultrapassadas as linhas vermelhas" e se refere concretamente à política de sanções da administração do presidente Donald Trump.

"Temos que proteger legalmente empresas europeias de sanções mediante à cooperação com a França e outros países europeus, à criação de sistemas de pagamento independente dos EUA, um fundo monetário europeu e um sistema swift (de transmissão eletrónica de dados entre as instituições financeiras) independente", diz Maas.

Além disso, Maas propõe a criação de um "imposto digital" aos lucros dos grandes consórcios americanos do setor.

Maas advertiu que as mudanças introduzidas por Trump nas relações transatlânticas terão efeitos a longo prazo, por isso que não é uma opção esperar o término de seu mandato.

Por outro lado, Maas defendeu o aumento paulatino da despesa de Defesa.

"A mudança na despesa de Defesa é realidade. É o nosso interesse fortalecer o pilar europeu da aliança transatlântica não porque Donald Trump argumenta com novos números, mas porque já não podemos confiar em Washington na mesma medida que antes", diz Maas.

O porta-voz do Governo alemão, Steffen Seibert, disse que trata-se de um "artigo pessoal", cujo conteúdo "é em boa parte partilhado" pelo Governo, para destacar depois que é "de interesse vital" para a Alemanha manter a sua relação com seu aliado transatlântico.