ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Mobile World Congress Americas aponta para o futuro do celular através do 5G

13/09/2018 02h43

David Villafranca.

Los Angeles (EUA), 13 set (EFE).- O futuro dos celulares ligado às possibilidades e aplicações do 5G concentrou os debates e conversas na Mobile World Congress Americas (MWC Americas), evento que começou na quarta-feira, em Los Angeles (Estados Unidos), e reunirá durante três dias as principais empresas do setor.

Sob o tema "Imagine um futuro melhor", o MWC Americas realiza sua segunda edição, após estrear no ano passado em São Francisco, e com sua mudança para Los Angeles espera aprofundar na convergência entre fabricantes de celulares e entretenimento.

Cerca de 1 mil empresas participam do evento organizado pela GSMA e CTIA, duas associações que representam as principais operadores de celulares do mundo, e que é ao lado do MWC Xangai, uma réplica em menor escala do Mobile World Congress, realizado em Barcelona desde 2006.

O Centro de Convenções de Los Angeles recebeu hoje gigantes como Samsung, T-Mobile, Verizon e Microsoft, embora muitos dos presentes também estavam presentes, através da internet, como o anúncio do novo iPhone, da Apple, ocorrido a centenas de quilômetros do local do evento.

Na conferência inicial, o presidente da GSMA, Sunil Bharti Mittal, disse que as possibilidades do 5G "são imensas".

"Eu diria que o mundo deve adotar o 5G o mais rápido possível", afirmou o principal responsável pela GSMA, lembrando também que atualmente, os ciclos tecnológicos são curtos e as novidades são logo superadas por outros produtos e tecnologias ainda melhores.

As previsões da GSMA garantem que até o ano de 2025 haverá 1,3 bilhão de usuários conectados pelo 5G em todo o mundo.

A realidade virtual, inteligência artificial, internet das coisas, interseção entre as indústrias de entretenimento e de celulares e a conectividade apontam serem pontos importantes do MWC Americas, mas a maioria destes temas apareceram hoje relacionados ao desenvolvimento e implantação do 5G.

Esta evolução das conexões sem fio aumentará significativamente as capacidades e possibilidades dos celulares, de modo que hoje tanto as operadoras quanto os fabricantes do setor fizeram um esforço para exibir a grande variedade de aplicações do 5G.

Dos usos educacionais aos de saúde, passando por transmissões esportivas com realidade virtual, métodos de reconhecimento facial ao vivo para sistemas de segurança ou aplicativos para melhorar o transporte, os participantes do MWC Americas também desfrutaram de robôs com inteligência artificial conectados por 5G ou de conversas ao vivo através de hologramas.

Com grandes empresas do setor, o evento também recebe modestas empresas especializadas em acessórios para personalizar dispositivos como capas, carregadores sem fio, baterias ou alto-falantes.

E das certezas de hoje e possíveis realidades no futuro, o congresso também reserva um notável espaço para a inovação e "startups" (empresas emergentes) com a plataforma 4YFN (Four Years From Now).

Mais Economia