ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Pemex descobre jazidas com potencial de 180 milhões de barris de petróleo

09/10/2018 16h29

Cidade do México, 9 out (EFE).- A estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) anunciou nesta terça-feira a descoberta de sete jazidas em dois campos do Golfo do México com potencial para incorporar 180 milhões de barris de petróleo às reservas do país.

O campo de Manik, com duas jazidas e um potencial de 80 milhões de barris, fica a 102 quilômetros de Ciudad del Carmen (no estado de Campeche), a profundidade total de 4.765 metros, e foi descoberto em abril.

Já o campo de Mulach, com cinco jazidas e um potencial de 100 milhões de barris, fica a 17 quilômetros de Paraíso (estado de Tabasco), com 3.976 metros de profundidade.

A Pemex informou que pretende produzir em ambos os campos de 30 mil a 45 mil barris de petróleo diários.

Em entrevista coletiva, o diretor-geral de empresa, Carlos Alberto Treviño, disse que a descoberta é uma "grande notícia" que confirma que "ainda há muito petróleo a procurar, encontrar e extrair para incorporar à produção nacional".

O secretário de Energia do México, Pedro Joaquín Coldwell, ressaltou que as jazidas são "uma das dez descobertaos em águas superficiais mais importantes do mundo nos últimos 15 anos".

Coldwell afirmou que a Pemex está deixando para trás "os efeitos negativos" da queda dos preços do petróleo que provocou em 2016 uma redução de 75% das receitas da estatal.

A Pemex também anunciou hoje que entre 2019 e 2020 será possível iniciar a produção nos campos de Xikin e Esah, descobertos em 2015 e com um potencial de 350 milhões de barris.

Os campos de Kinbe e Koban, descobertos em 2011 e 2016, também estão sendo delimitados para dimensionar a quantidade de hidrocarbonetos.

No total, os seis campos contêm reservas potenciais de 865 milhões de barris de petróleo, que permitirão a produção de 193 mil a 210 mil barris diários.

Treviño disse que as jazidas "contribuirão para cumprir as metas de produção da Pemex para os próximos anos" e que darão ao próximo governo mexicano "uma boa plataforma para contribuir para a riqueza da Pemex e do México".

O presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, que será empossado no dia 1º de dezembro, anunciou um investimento total de 304 bilhões de pesos mexicanos (R$ 60 bilhões) para reforçar o setor energético do país e aumentar a produção petrolífera.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia