IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Bots promoveram conteúdo violento no Twitter em referendo separatista catalão

2018-11-20T21:25:00

20/11/2018 21h25

San Francisco (EUA), 20 nov (EFE).- Bots foram usados para publicar e promover no Twitter conteúdos violentos dirigidos a defensores da independência da Catalunha em outubro de 2017, o que exacerbou as tensões online sobre a medida.

As postagens foram objeto de um estudo, feito pelos pesquisadores Massimo Stella, Emilio Ferrara e Manlio de Domenico, e publicado nesta terça-feira pela revista científica americana "Proceedings of the National Academy of Science" (PNAS).

De acordo com os autores da pesquisa, os bots foram responsáveis por cerca de 15% das interações envolvendo o referendo catalão e aumentaram a exposição de conteúdos "negativos e incendiários".

"Nossos resultados mostram que os bots sustentam cada facção da periferia da estrutura das redes sociais ao se dirigirem fundamentalmente a influenciadores humanos", afirmaram os autores.

"Os bots tendiam a focar em independentistas humanos com mensagens que evocavam sentimentos negativos e associavam rótulos com conotações negativas", completaram os pesquisadores no estudo.

A polarização existente dentro da sociedade espanhola, segundo os autores, foi captadas pelos bots, que também capturaram o conteúdo gerado por humanos para promover mensagens negativas.

Os pesquisadores coletaram dados do Twitter entre 22 de setembro e 3 de outubro de 2017, englobando dias antes e depois da realização do referendo de independência da Catalunha. A Justiça da Espanha considerou a medida como ilegal, desencadeando uma crise que culminou na intervenção do governo central na região.

Mais Economia