PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Nova rodada de negociação entre China e EUA será ainda este mês, diz jornal

16/01/2019 06h28

Pequim, 16 jan (EFE).- A próxima rodada de negociações para acabar com a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos será realizada em Washington nos dias 30 e 31 deste mês, informou nesta quarta-feira o jornal "South China Morning Post".

O jornal, que cita fontes anônimas familiarizadas com a organização da reunião, disse que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, liderará a delegação chinesa.

A informação assegura que Liu se reunirá com o chefe negociador comercial de Washington, Robert Lighthizer, e com o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin.

O vice-premier - um dos principais assessores econômicos do presidente da China, Xi Jinping - já esteve presente na primeira rodada de negociações presenciais sobre o tema, realizada entre os dias 7 e 9 deste mês, em Pequim.

Apesar do otimismo do primeiro encontro - o presidente dos EUA, Donald Trump, chegou a tuitar que as negociações estavam "indo muito bem"-, ao seu fim, nenhuma das duas partes revelou se tinham chegado a algum acordo.

O Ministério do Comércio da China limitou-se a afirmar que a conferência serviu para "melhorar o entendimento mútuo e estabelecer bases para tratar das preocupações de cada um" depois de alguns "diálogos exaustivos, detalhados e aprofundados sobre problemas comerciais e estruturais de interesse mútuo".

Por sua vez, o comunicado da parte americana apenas especificou que a reunião tinha como objetivo "alcançar as mudanças estruturais necessárias na China com relação à transferência forçada de tecnologia, proteção da propriedade intelectual, barreiras não-tarifárias, intrusões cibernéticas e roubo virtual de segredos de negócios".

Além disso, Washington enfatizou que o compromisso da China de "adquirir uma quantidade considerável de produtos agrícolas, energéticos e manufaturados, bem como outros produtos e serviços dos Estados Unidos" foi discutido. EFE