PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Fitur abre em clima de confiança com perspectivas mundiais para o turismo

23/01/2019 15h58

Madri, 23 jan (EFE).- A 39ª Feira Internacional do Turismo de Madri (Fitur) abriu nesta quarta-feira sua vitrine de oferta mundial de destinos confiante em que o número de chegadas internacionais siga crescendo em 2019, depois de alcançar 1,4 bilhão em 2018, dois anos antes do previsto.

Segundo dados provisórios da Organização Mundial do Turismo (OMT), 2018 fechou com um aumento de 6% de turistas estrangeiros, e se prevê um aumento de 3% a 4% no próximo ano.

Uma das feiras mais importantes do mundo, a Fitur oferece uma "volta ao mundo" para todos os gostos sem sair da sede da Ifema (Instituição de Feiras de Madri).

A Fitur chega a este ano com recorde de participação, com um crescimento de 8,3% a respeito de 2017, e 886 expositores titulares e 10.487 empresas, pertencentes a 165 países e regiões, que tentam atrair profissionais e o público em geral.

A República Dominicana, com o seu patrimônio natural e cultural, se transformou este ano no primeiro país latino-americano sócio da Fitur.

O ministro do Turismo dominicano, Francisco García, recebeu no estande do seu país os reis da Espanha, que inauguraram a feira, e ressaltou que o setor turístico nacional subiu 6,2% em 2018, com um aumento dos projetos de investimento e expectativas "excelentes" para 2019.

O primeiro dia da feira, no entanto, se viu afetado por uma greve de taxistas, que levaram o protesto até as imediações do evento, com alguns incidentes que deixaram nove pessoas levemente feridas - entre elas cinco policiais - e uma detida. EFE