PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Roraima sente blecaute na Venezuela e ativa termoelétricas

08/03/2019 18h14

São Paulo, 8 mar (EFE).- O estado de Roraima se viu afetado pelo blecaute registrado na Venezuela, país responsável por 60% do abastecimento elétrico da região, e opera agora por meio de termoelétricas, confirmaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O secretário de estado de Roraima, Carlos Andrade, explicou à Agência Efe que a situação registrada nesta sexta-feira no sistema elétrico é "comum" na região devido à dependência da Venezuela, país que atravessa por uma profunda crise econômica, política e social.

De fato, Roraima é o único dos 27 estados do Brasil que não está vinculado ao Sistema Interligado Nacional (SIN), razão pela qual pode ser abastecido apenas com a energia venezuelana ou a gerada por suas quatro termoelétricas.

Nesse sentido, Andrade ressaltou a necessidade de acelerar a construção do Linhão de Tucuruí, que vai permitir interligar o estado ao sistema elétrico nacional.

"Essa linha já tinha que estar pronta em 2015, ainda nem começou", lamentou.

O consumo elétrico em Roraima aumentou nos últimos meses diante da chegada a esse estado de milhares de cidadãos venezuelanos que fogem da crise no seu país.

Roraima é a principal porta de entrada dos imigrantes venezuelanos, mas o governo do presidente Nicolás Maduro decretou há duas semanas o fechamento da fronteira com o Brasil para impedir a entrada de ajuda humanitária solicitada pelo líder do parlamento venezuelano, Juan Guaidó. EFE