PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 0,1%

12/03/2019 16h41

Nova York, 12 mar (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta terça-feira em alta de 0,1%, cotado a US$ 56,87, em um avanço mais contido no qual influíram as reduções de fornecimento da Arábia Saudita e um corte nas exportações de petróleo da Venezuela devido ao blecaute no país.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em abril subiram US$ 0,08 em relação ao valor de fechamento de ontem.

A leve ascensão desta terça-feira se deveu à estratégia do principal produtor mundial de petróleo, a Arábia Saudita, que quer esgotar o excesso de fornecimento, dentro de um acordo de redução de provisão liderado pela OPEP.

Esta situação foi reforçada pelo blecaute que aconteceu na Venezuela, que também está dificultando as exportações de petróleo do país.

A companhia petrolífera estatal venezuelana PDVSA não pôde retomar as exportações através de seu porto principal desde que um apagão atingiu a Venezuela na última quinta-feira, segundo informou a emissora "CNBC".

Para resistir a esta situação, os Estados Unidos aumentaram o fornecimento, que a Agência Internacional de Energia disse ontem que continuaria até 2024, o que provavelmente requereria que a OPEP e seus aliados mantenham sua política de contenção, segundo os analistas.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento em abril caíram US$ 0,01, para US$ 1,81 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,01, para US$ 2,78 por cada mil pés cúbicos. EFE