PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Barril do Texas fecha em forte baixa de 3,8%

30/05/2019 16h49

Nova York, 30 mai (EFE).- O barril de Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em forte baixa de 3,8%, cotado a US$ 56,59.

Ao final das operações na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em julho caíram US$ 2,22 em relação ao valor de fechamento da sessão anterior.

A queda de hoje deixou os contratos futuros do petróleo texano no seu preço mais baixo em dois meses, impactados pela redução das reservas americanas e pelos conflitos comerciais e geopolíticos que envolvem os Estados Unidos.

A Administração de Informação da Energia informou que as reservas de petróleo para o comércio diminuíram em 300.000 barris na semana terminada em 24 de maio, se situando em 476,5 milhões de barris.

Essa redução foi menor do que calculavam os analistas, de entre 1,4 milhão de barris, segundo a S&P Global Platts, e 5,3 milhões de barris, de acordo com o Instituto do Petróleo Americano.

Além dessa queda nas reservas, a primeiro em três semanas, pesaram no mercado as preocupações com a escalada da tensão comercial entre Estados Unidos e China, que estiveram insuflando incerteza durante todo o mês.

Também seguem em primeiro plano os problemas geopolíticos com o Irã, depois que nesta quarta-feira o assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, atribuiu a esse país a sabotagem a quatro petroleiros em um porto dos Emirados Árabes Unidos.

Nesse contexto, os contratos de gasolina com vencimento em julho perderam US$ 0,017, para US$ 1,85 o galão, enquanto os de gás natural com vencimento no mesmo mês caíram US$ 0,08, encerrando o dia em US$ 2,55 por cada mil pés cúbicos. EFE