PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq fecham com novos recordes

12/07/2019 18h26

Nova York, 12 jul (EFE).- Os três principais indicadores da Bolsa de Valores de Nova York fecharam nesta sexta-feira com novos recordes, após altas motivadas pela expectativa do mercado de que o Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, reduza as taxas básicas de juros do país no fim deste mês.

O Dow Jones Industrial fechou em alta de 0,90% e somou 243,95 pontos, para 27.332,03, mantendo-se acima dos 27 mil pontos, marca histórica atingida pela primeira vez ontem. O seletivo S&P avançou 0,46%, para 3.013,77, e o indicador composto da Nasdaq subiu 0,59%, para 8.244,14.

A sessão foi influenciada pelos depoimentos do presidente do Fed, Jerome Powell, em diferentes audiências realizadas no Congresso americano. Powell reiterou que a desaceleração do crescimento da economia global e as crescentes tensões comerciais estão influenciando o ritmo de avanço do Produto Interno Bruto (PIB) americano.

Apesar da divulgação de novos dados macroeconômicos melhores do que o esperado nesta sexta-feira, o mercado está convencido que, no fim do mês, quando o Comitê de Mercado Aberto do Fed se reunir, a entidade determinará uma baixa nas taxas de juros nos EUA.

No Dow Jones, as principais altas de hoje foram das ações de de Dow, do 4,04%, Caterpillar (3,28%), Intel (2,72%), 3M (2,54%) e Home Depot (1,96%). As quedas mais acentuadas foram dos papéis de Johnson & Johnson (- 4,15%), Merck (- 1,57%), Pfizer (- 1,35%) e Visa (- 0,23%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.416,30, e a rentabilidade dos treasuries de dez anos caía para 2,117%. EFE