PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Barril do Texas fecha em baixa de 1,4%

25/09/2019 18h01

Nova York, 25 set (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou nesta terça-feira em baixa de 1,4%, cotado a US$ 56,49, em reação a um aumento semanal inesperado nas reservas de petróleo dos Estados Unidos.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em novembro caíram US$ 0,80 em relação ao valor de fechamento de ontem.

Segundo informou a Administração de Informação da Energia dos EUA, as reservas de petróleo do país aumentaram pela segunda vez consecutiva, em 2,4 milhões de barris na semana passada, enquanto os analistas esperavam uma queda entre 200 mil e 250 mil barris.

As autoridades comunicaram também que as reservas de gasolina aumentaram em 500 mil barris, similar ao que se esperava, e as de destilados caíram em 3 milhões, mais que o calculado.

O petróleo de referência americano caiu ontem devido aos temores gerados pela guerra comercial entre EUA e China, que segue sem acordo à vista, e ainda mais depois que o presidente Donald Trump criticou na ONU as práticas da China e disse que não aceitará um "acordo ruim" com o país asiático.

Também influenciam no preço informações de que a Arábia Saudita restabeleceu a maior parte da sua capacidade de produção após os ataques sofridos pela petroleira estatal Aramco. Riad e Washington, além de outros governos, culpam o Irã pela ofensiva.

Neste contexto, os contratos de futuros de gasolina com vencimento em outubro caíram US$ 0,03, para US$ 1,65 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês não variaram, permanecendo em US$ 2,50 por cada mil pés cúbicos. EFE