PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Em expectativa por estímulo, Dow Jones sobe 11,3% e tem melhor dia desde 1933

24/03/2020 23h19

Nova York, 24 mar (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira com forte alta de 11,37% e teve seu melhor desempenho em um pregão desde 1933, devido às expectativas de que o Congresso dos Estados Unidos chegue em breve a um acordo para aprovar uma lei de estímulo fiscal de vários bilhões de dólares para proteger a economia dos efeitos da pandemia de Covid-19.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 2.112,98 pontos e chegou a 20.704,91. Os principais destaques foram as expressivas altas de Chevron (23%), American Express (22%), Boeing (20%) e McDonald's (18%).

O seletivo S&P 500 avançou 9,38%, para 2.447,33 pontos, e o índice Nasdaq Composite subiu 8,12%, para 7.417,86.

A bolsa nova-iorquina, que desde ontem está com a sede fechada para evitar a propagação da Covid-19 entre os operadores, viveu hoje um dia de recuperação diante das expectativas de que seja aprovado um ambicioso pacote de estímulo fiscal no Congresso dos EUA.

O líder da minoria democrata do Senado, Chuck Schumer, confirmou que as negociações com os políticos republicanos da Casa avançaram, e a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, que também é integrante do Partido Democrata, disse que havia "um verdadeiro otimismo" de que um acordo seja alcançado nas próximas horas.

Wall Street também reagiu à perspectiva de um relativo retorno à normalidade sugerida pelo presidente dos EUA, Donald Trump, que declarou à rede de televisão "Fox News" que gostaria de "abrir o país" até 12 de abril, com as pessoas voltando aos locais de trabalho apesar da crise devido ao novo coronavírus.

Ontem, Trump havia advertido que "o remédio (para combater o coronavírus) não pode ser pior do que o problema" causado pelo vírus, e salientou que a economia, que vinha sendo seu principal trunfo para conseguir a reeleição no pleito de novembro, não pode piorar ainda mais.

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.663,40, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos subia para 0,85%.