PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Guarda Revolucionária do Irã apreende petroleiro sul-coreano no Golfo Pérsico

04/01/2021 15h07

Teerã, 4 jan (EFE).- A Guarda Revolucionária do Irã apreendeu nesta segunda-feira um navio-petroleiro de bandeira sul-coreana no Golfo Pérsico, cenário de outros incidentes de segurança e tensão nos últimos dois anos.

O petroleiro foi apreendido por provocar "contaminação ambiental e química" e levado ao porto iraniano da cidade de Bandar Abbas, segundo informou a Guarda Revolucionária.

O MT Hankuk Chemi transportava 7.200 toneladas de produtos químicos e petróleo. Os tripulantes a bordo, cuja quantidade não foi revelada, são procedentes de Coreia do Sul, Indonésia, Vietnã e Mianmar.

Segundo o comunicado divulgado, o navio partiu do porto de Al Jubail, na Arábia Saudita, e foi retido no Golfo Pérsico e transferido a Bandar Abbas, onde será aberto um processo judicial.

A apreensão do navio foi feita a pedido do Departamento de Portos e Navegação e por ordem da Procuradoria Provincial de Hormozgan, cuja capital é Bandar Abbas, disse a Guarda Revolucionária.

O Golfo Pérsico tem sido palco de diversos incidentes desde maio de 2019, incluindo ataques a petroleiros e cargueiros, em meio a tensões crescentes entre Irã e Estados Unidos sobre as sanções americanas às vendas do petróleo iraniano.

Em julho de 2019, a Guarda Revolucionária apreendeu o navio de bandeira britânica Stena Impero, com 23 membros da tripulação a bordo, em resposta à apreensão de um dos seus petroleiros em Gibraltar. Ambos foram liberados meses depois.

O governo iraniano ainda não comentou o incidente com o navio da Coreia do Sul, país com o qual está em negociações para que devolva US$ 7 bilhões bloqueados em seus bancos devido às sanções dos EUA.