PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Inflação nos EUA sobe 0,6% e alcança maior acumulado em 12 meses desde 1982

10/02/2022 21h38

Washington, 10 fev. (EFE).- O índice de inflação nos Estados Unidos disparou em janeiro para 7,5%, no acumulado dos últimos 12 meses, o que representa alta de meio ponto percentual na comparação com dezembro de 2021, conforme informou nesta quinta-feira o Escritório de Estatísticas do Trabalho do país.

Esta se trata do maior aumento na taxa acumulada de preços ao consumidor dede fevereiro de 1982. Além disso, o índice superou as previsões da maioria dos analistas, que indicavam para aumento de preços chegando a 7,3%.

A alta neste mês foi de 0,6% na comparação com dezembro, de acordo com a mesma fonte.

Com a exclusão dos preços de alimentos e combustíveis, que são os mais voláteis, a inflação subjacente em janeiro foi de 0,6%, enquanto o acumulado nos últimos 12 meses fica em 6%.

Os preços de energia, que incluem gasolina, petróleo, eletricidade e gás natural, subiram 0,9% em janeiro, mesma alta dos valores dos alimentos, segundo informe do escritório do governo americano.

Dentro do segmento dos alimentos, o preço das compras nos supermercados subiu 1%, enquanto as refeições em restaurantes avançaram no preço em 0,7%.

O dado desta quinta-feira coloca pressão no Federal Reserve (Fed), que é responsável por determinar a política monetária dos EUA, em um cenário de busca pela criação de postos de trabalho e pela estabilidade dos preços.

O presidente do Fed, Jerome Powell, que tenta um segundo mandato, já anunciou várias vezes que a prioridade do órgão é a luta contra a elevada inflação, mesmo que isso faça com que seja colocar menos ênfase na outra meta, que é o pleno emprego. EFE