Malaquias: royalties de petróleo vieram bastante expressivos em abril

Eduardo Rodrigues e Lorenna Rodrigues

Brasília

O chefe do centro de estudos tributários e aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, destacou nesta quinta-feira, 25, que a arrecadação dos royalties de petróleo veio bastante expressiva em abril, chegando a R$ 5,578 bilhões. Nesta semana, o Ministério do Planejamento elevou a projeção de receitas para 2017 da chamada cota parte de compensação financeira, onde são computados esses valores.

Sobre o recolhimento de receitas administradas pelo Fisco, Malaquias relatou que, no primeiro quadrimestre de 2017, as empresas ainda projetam resultado positivo por conta da estimativa de tributos que vêm sendo recolhidos pelas companhias.

Ainda assim, ele considerou que a produção industrial demonstra sinais de recuperação "bastante sensíveis" e apontou que, com a queda nas vendas, o pagamento de tributos sobre o faturamento das empresas tende a cair. "A recuperação do emprego ainda é pequena para reverter queda na arrecadação", repetiu. "Não conseguimos reverter ainda a queda no consumo, o que impacta diretamente o recolhimento do PIS e da Cofins", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos