Bolsas

Câmbio

Petrobras: não existe pauta reivindicatória de petroleiros; ela é mais política

Fernanda Nunes e Karin Sato

Rio

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, contestou os motivos das reivindicações da Federação Única dos Petroleiros (FUP), que mobilizou os empregados da estatal para uma greve de 72 horas a partir da zero hora dessa quarta-feira, 30. Em teleconferência com analistas de mercado, o executivo destacou que vem intensificando a comunicação com os funcionários para tentar minimizar a paralisação.

"No início da semana fizemos uma carta em nome de toda diretoria a toda força de trabalho. Intensificamos a comunicação com os petroleiros para que a greve não traga repercussões. Confiamos que colaboradores entenderão o momento que vivemos", afirmou Parente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos