ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Polícia do Paraná investiga distribuidoras de combustível

Luana Pavani

São Paulo

31/07/2018 10h35

A Polícia Civil do Paraná deflagrou nesta manhã de terça-feira, 31, a Operação Margem Controlada, que investiga distribuidoras de combustível por prática de controle de preços. Serão cumpridos 20 mandados judiciais em Curitiba, sendo oito de prisão e 12 de busca e apreensão, mais desligamento de e-mail (sigilo telemático) de nove pessoas.

A operação visa prender uma quadrilha que age em Curitiba formada por gerentes e assessores comerciais das três maiores distribuidoras de combustíveis que atuam no Brasil e que juntas dominam 70% do mercado, segundo comunicado da Divisão de Combate à Corrupção da polícia. A suspeita é que as distribuidoras controlam de forma indevida e criminosa o preço final dos combustíveis nas bombas dos postos de gasolina com bandeira, "restringindo assim o mercado e prejudicando a livre concorrência."

A investigação, de mais de um ano, envolveu também a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba, com o apoio da Polícia Militar e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Nuciber (Núcleo de Combate aos Ciber Crimes).

Ao todo participam 50 policiais, quatro delegados da Divisão, dois promotores de Justiça e servidores do Instituto de Criminalística.

Os suspeitos responderão pelos crimes de abuso de poder econômico e organização criminosa. Se condenados, as penas variam de 2 a 13 anos.

Mais Economia