IPCA
0.13 Mai.2019
Topo

Doria diz que interessadas na fábrica Ford devem investir pelo menos R$ 1 bi

São Paulo

2019-05-23T19:53:00

23/05/2019 19h53

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quinta-feira, 23, que as duas empresas interessadas em comprar a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo) estão dispostas a investir pelo menos R$ 1 bilhão na planta e a gerar no mínimo 400 empregos novos, condições necessárias para que o comprador possa fazer parte do programa do governo estadual de incentivo fiscal ao setor automotivo, chamado Incentivauto.

"Sem isso (as duas condições), nós nem teríamos sentado para conversar (com essas empresas)", disse o governador, que desde fevereiro tem ajudado a Ford a encontrar um comprador para a fábrica. "E muito provavelmente o investimento (a ser anunciado pelo comprador) será superior a R$ 1 bilhão", acrescentou.

A Ford anunciou em fevereiro que encerraria as atividades da planta ao longo de 2019, após decisão de sair do segmento de caminhões - a fábrica de São Bernardo é a única da empresa no mundo que produz veículos pesados.

A declaração de Doria foi dada à imprensa após o governador participar de reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no escritório do ministério em São Paulo. Também participou do encontro o dono do grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, um dos interessados em adquirir a fábrica. A outra empresa prefere se manter em sigilo. Até o fim do mês de junho haverá uma definição sobre o futuro da fábrica, disse Doria.

Ainda segundo o governador, as duas empresas interessadas, além de terem se comprometido a gerar 400 novos empregos na fábrica, também estão dispostas a preservar todos os atuais empregados da Ford. A fábrica tem cerca de 3 mil pessoas empregadas. A montadora, no entanto, abriu um programa de demissão voluntária, após um acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Mais Economia