IPCA
0,1 Out.2019
Topo

Bolsonaro diz que Alcolumbre vai conduzir reforma a contento no Senado

Eduardo Rodrigues e Mariana Haubert

Brasília

16/07/2019 12h25

Após a aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara dos Deputados na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro avaliou nesta terça-feira, 16, que a expectativa para a votação do texto no Senado "é a melhor possível".

"A expectativa é a melhor possível. Eu não posso forçar a barra. Falei com o (presidente do Senado, Davi) Alcolumbre e tenho certeza de que ele vai conduzir a reforma a contento", afirmou, ao deixar o Palácio do Alvorada.

Bolsonaro confirmou que Estados e municípios só entrarão na reforma se isso ocorrer em outra emenda à Constituição. "Pelo que eu estou vendo, caso essa possibilidade seja aventada, será em uma PEC paralela. Porque não pode complicar mais a PEC que está aí", completou.

Sem entrar em detalhes, Bolsonaro avaliou que vários indicadores estariam mostrando melhora da economia. "A maior prova de que eu acredito na equipe econômica é não interferir. A economia está indo muito bem, os dados de ontem (segunda) mostram perspectiva de ascendência dos dados da economia. Isso é um sinal de que estamos transmitindo confiança não apenas dentro, como também para fora do Brasil", completou.

Universidades-

Bolsonaro disse ainda que o Ministério da Educação apresentou o programa de autonomia das universidades federais na reunião do Conselho de Governo nesta terça. O presidente, no entanto, não deu maiores informações sobre o projeto.

"É um programa simples que vai dar nova dinâmica para a Educação, e vai ser apresentado semana que vem", afirmou. "Nós queremos nossas universidades entre as 100 melhores do mundo. Queremos que elas formem bons profissionais", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Economia