PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Pacote contra coronavírus soma quase US$ 2 tri, diz secretário do Tesouro dos EUA

Steven Mnuchin - Evan Vucci/AP
Steven Mnuchin Imagem: Evan Vucci/AP

André Marinho*

São Paulo

23/03/2020 11h04

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse nesta segunda-feira, 23, que o pacote de estímulos para lidar com os efeitos econômicos do coronavírus soma quase US$ 2 trilhões. Em entrevista à TV Fox Bussiness, Mnuchin afirmou que irá discutir a legislação com lideranças republicanas e democratas no Senado esta tarde. "Esperamos aprová-la hoje", disse.

Segundo o secretário, o projeto inclui uma garantia a pequenas empresas de perdão de empréstimos caso esses negócios mantenham seus empregados na folha de pagamento. Mnuchin assegurou que o governo está empenhado a garantir a liquidez do sistema. "Encorajamos pequenas empresas a não demitirem seus funcionários", ressaltou, acrescentando que pequenas firmas conseguirão linhas de crédito rápidas com os bancos.

Mnuchin explicou ainda que está negociando uma cláusula para socorrer as companhias aéreas, um dos setores mais atingidos pela crise da pandemia. O governo não descarta possibilidade de comprar ações nessas empresas, caso necessário, ainda de acordo com o secretário. "Queremos que aéreas continuem a conseguir manter as operações", disse.

Ele também revelou que o presidente norte-americano, Donald Trump, é reticente à ideia de paralisar completamente a economia por conta do vírus, mas explicou que a Casa Branca está em constante contato com autoridades de saúde para tomar tal decisão.

Em relação à cooperação internacional, o secretário pontuou que há um entendimento, entre os países do G-7, sobre a necessidade de haver uma atuação coordenada entre bancos centrais e governos. Ele também disse estar trabalhando com órgãos internacionais, como Fundo Monetário Internacional (FMI) e Banco Mundial, para encontrar soluções para a crise.

*Com informações da Dow Jones Newswires.