PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Fed está preparado para adotar mais medidas se forem necessárias, diz Powell

Ricardo Leopoldo, correspondente

Nova York

19/05/2020 14h07

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou que a instituição está preparada "para adotar mais medidas se forem necessárias", referindo-se a mais ações financeiras emergenciais caso sejam importantes para continuar estimulando a economia dos EUA, em grave crise provocada pela pandemia da covid-19.

Ele ressaltou que o Federal Reserve ataca com suas ações diretamente problemas de liquidez nos mercados financeiros, mas destacou que tais dificuldades do fluxo de recursos pela economia, inclusive pelo crédito, podem gerar insolvência de empresas. "São muito negativas para a economia altos desemprego e nível de insolvência."

Powell também destacou que o incremento do balanço de ativos do Federal Reserve motivado pela adoção de vários programas emergenciais para prover liquidez a mercados poderá ser reduzido em alguns anos. "O aumento do balanço do Fed não gera preocupações de estabilidade financeira e de inflação", disse.

Jerome Powell ressaltou que após a Grande Recessão em 2008 o balanço do Fed subiu para o equivalente a 25% do PIB dos EUA, mas anos depois foi reduzido para 16% do produto interno bruto do país.

O presidente do Federal Reserve afirmou que grandes períodos de desemprego são negativos para trabalhadores, pois perdem habilidades técnicas e ficam prejudicadas conexões com profissionais do setor que atuavam, ao mesmo tempo que são desfavoráveis para empresas, pois indicam que o ciclo de retração da economia amplia as chances de companhias fecharem as portas.

Ele fez os comentários em audiência realizada pelo comitê bancário, residencial e de assuntos urbanos do Senado.