PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Justiça determina que assembleia de credores da Oi ocorra no início de setembro

Circe Bonatelli

10/08/2020 19h35

A assembleia geral de credores da Oi para deliberar sobre o aditamento ao plano de recuperação judicial apresentado pela operadora será realizado no início de julho, conforme determinou o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

A data precisa será fixada até o fim desta semana pelo administrador judicial do processo, o escritório Wald Advogados. O evento será presencial, no Centro de Convenções SulAmérica, no bairro Cidade Nova, no Rio de Janeiro.

Segundo decisão de Viana, o peso do voto dos credores desta vez será igual ao peso da assembleia de credores realizada em 2017 e que resultou no plano de recuperação apresentado pela Oi na ocasião.

A medida vale, inclusive, para os antigos detentores de títulos de dívidas (os chamados bondholders) que tiveram essas dívidas convertidas em ações da Oi. Ficam de fora da assembleia apenas os credores que já receberam integralmente os valores devidos pela tele.

Em seu despacho, o juízo também rebateu as objeções de Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Caixa Econômica Federal e Santander, bancos credores que se manifestaram contra o aditamento ao plano da Oi.

Viana não entrou no mérito da discussão dos argumentos, limitando-se a classificar as objeções de "prematuras" e acrescentou que só irá se manifestar após a conclusão do processo de mediação em andamento entre credores e a Oi. Os resultados da mediação estão previstos para serem publicados nesta semana.