PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Anvisa fará recall de novos lotes de chocolates Kinder da Bélgica

São Paulo

29/04/2022 16h28

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou na quinta-feira, 28, uma nova resolução para recolhimento de produtos Kinder no Brasil, fabricados pela Ferrero Ardennes S.A., fábrica na Bélgica. No Brasil, os produtos encontrados com origem na fábrica belga não foram importados pela Ferrero do Brasil, que utiliza materiais provenientes de plantas na América do Sul e outras localidades. As mercadorias foram trazidas pela BerCom Produtos Alimentícios Eireli.

Desde o começo deste mês, ao redor do mundo, restrições estão sendo impostas a produtos da marca por conta de um surto de salmonela na Europa, principalmente na Inglaterra.

A Anvisa informou que todos os chocolates da marca Kinder fabricados na Bélgica pela Ferrero Ardennes S.A. estão proibidos de serem comercializados no País.

A própria Ferrero notificou a autoridade de saúde sobre a situação. "Novas determinações de recolhimento poderão ser publicadas caso sejam identificadas outras empresas que tenham trazido os produtos para o Brasil", informa a Anvisa, por meio de página oficial.

De acordo com a Ferrero, a companhia informou às autoridades brasileiras a decisão de "recall voluntário e preventivo de qualquer versão do produto KINDER SCHOKO-BONS, fabricados na Bélgica".

Segundo eles, apesar de a companhia não realizar importação nem comercialização da mercadoria no País, "tomamos conhecimento de que empresas terceiras, com as quais não mantemos relações comerciais, o importaram de forma independente", comunica a Ferrero, por meio de nota.

"A Ferrero se voluntariou a recolher os produtos da linha Schoko-Bons porque, até o momento, é o único que a companhia tem conhecimento de que entrou no país a partir da importação de empresa terceira, com a qual não mantemos relações comerciais", disse a Ferrero, por meio de sua assessoria. "E é o único que a Anvisa identificou registro de licença de importação. Ou seja, não temos conhecimento de outro produto em circulação no Brasil."

Confira os produtos recolhidos pela Anvisa:

* Kinder Surprise Maxi 100 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Surprise 1 X 20 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Surprise 3 X 20 G Total 60 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Surprise 4 X 20 G Total 80 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Schoko Bons Branco White e ou Cacau 46G 125 G E 200G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Schoko Bons 300 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Mix Peluche 133 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Mix Advent Calendar 127 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Mini Eggs Hazelnut 100 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Mini Eggs Mix 250 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

* Kinder Happy Moments162 G (todos fabricados por Ferrero Ardennes SA Belgica);

A Ferrero recomenda que, caso tenha adquirido algum produto proveniente da Bélgica, não o consuma e entre em contato com o SAC da companhia. O telefone é 088.701.6595, com funcionamento das 9 horas às 19 horas. Também é possível fazer isso por email: sacbrasil@ferrero.com, para troca ou reembolso.

Para verificar se o produto tem origem na fábrica da Bélgica, é preciso procurar no verso da embalagem. Caso positivo, se estiver Produs de Ferrero Ardennes S.A., rue Pietro Ferrero 5, 6700 Arlon, Belgia, o produto vem da planta europeia.