BC não olha apenas expectativas de mercado e tem também as próprias projeções, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reafirmou nesta quarta-feira, 16, que, além das expectativas de mercado, a autarquia acompanha outros vetores, como suas próprias projeções. Campos Neto reiterou, porém, que o papel das expectativas de mercado é importante e está associado à avaliação de credibilidade.

Ele citou que de forma geral os países que acompanham expectativas fora do mundo financeiro costumam ter indicativos mais voláteis, principalmente quando a análise é feita com base na percepção do consumidor. "Em geral, a percepção do consumidor sobre a inflação costuma ser mais alta do que a dos economistas e mais volátil."

Spreads e cartão de crédito

O presidente do Banco Central pontuou ainda que ao longo dos últimos anos, com a realização de mais de vinte medidas para a redução dos spreads, houve queda deste indicador na maior parte dos produtos de crédito.

Ele acrescentou que foram poucos os produtos com elevação, como o cartão de crédito. "Em grande crédito as medidas foram efetivas."

Campos Neto participou na manhã desta quarta-feira do 35º Congresso da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).