Medidas em mercados de capitais visam a inclusão, e não a Faria Lima

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quarta-feira, 16, que as medidas realizadas com foco em mercados de capitais visam a democratização e a inclusão, e não a Faria Lima. "Aumentam a possibilidade de quem tem poupança ter mais escolha para investir e, por outro lado, abrem espaço no balanço dos bancos para mais coisas sendo feitas para pequenas e médias empresas", pontuou.

Campos Neto disse que as medidas realizadas nos últimos anos diminuíram o crédito de bancos públicos para grandes empresas, que foi compensado pelos bancos privados e o mercado de capitais.

O presidente da autarquia participou na manhã desta quarta do 35º Congresso da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).