Conteúdo publicado há 9 meses

Receita do governo chinês desacelera em momento de piora no cenário econômico

A receita do governo chinês cresceu 11,5% entre janeiro a julho deste ano, na comparação com mesmo período do ano passado, de acordo com um comunicado do Ministério da Economia Da China.

O ritmo do crescimento diminuiu, já que, no primeiro semestre de 2023, a China havia apresentado um crescimento de 13,3% na receita.

A receita total do país em sete meses foi de 13,9 trilhões de yuans.

As despesas do país aumentaram 3,3% de janeiro a julho, em relação ao período homólogo, e alcançaram 15,2 trilhões de yuans.

Os maiores aumentos nos gastos foram com previdência e trabalho e educação.

O movimento acompanha a desaceleração da segunda maior economia do planeta, que enfrenta turbulências no setor imobiliário, enquanto o governo hesita a adotar estímulos significativos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes