Bolsas da Europa sobem levemente, apoiadas ainda por juros estáveis e balanços

As bolsas europeias operam majoritariamente em leve alta na manhã desta sexta-feira, 3, ampliando ganhos recentes, ainda em meio a esperanças de que o ciclo de aperto monetário tenha chegado ao fim, após a manutenção de juros nos EUA e no Reino Unido, e também sustentadas por balanços corporativos.

Por volta das 7h05 (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 avançava 0,25%, a 444,57 pontos, a caminho de encerrar sua melhor semana desde março.

O apetite por risco na Europa se mantém, após tanto o Banco da Inglaterra (BoE) quanto o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) deixaram seus juros inalterados pela segunda vez consecutiva nos últimos dias. Na semana passada, o Banco Central Europeu (BCE) também manteve juros, em uma pausa que veio após 10 aumentos seguidos das taxas.

No meio da manhã, a atenção vai se voltar para o relatório de emprego dos EUA, o chamado payroll, que é fundamental para a perspectiva dos juros americanos.

Na zona do euro, a taxa de desemprego avançou para 6,5% em setembro, após tocar a mínima histórica de 6,4% no mês anterior, segundo pesquisa da Eurostat publicada nesta sexta. Já no Reino Unido, os PMIs de serviços e composto de outubro vieram melhores do que inicialmente estimado, dando força à libra, mas ainda abaixo da barreira de 50 que indica contração de atividade.

Da temporada de balanços, a BMW agradou com uma margem de lucro maior no segmento automotivo, e a ação da montadora de carros de luxo alemã saltava 3,5% em Frankfurt, no horário acima. O papel do Société Générale, por sua vez, tinha avanço de 0,8% em Paris, após o banco francês divulgar lucro trimestral menor, mas acima do esperado.

Às 7h18 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,03% e a de Frankfurt avançava 0,25%, enquanto a de Paris caía 0,06%. Já as de Milão e Lisboa tinham ganhos de 0,14% e 0,42%, respectivamente, e a de Madri se mantinha estável. *Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes