Ainda há trabalho a fazer para reduzir inflação à meta de 2%, afirma dirigente do Fed

O vice-presidente de Supervisão do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Michael Barr, comentou que a instituição ainda tem "trabalho a fazer para reduzir inflação à meta de 2%". Segundo o dirigente, a inflação dos Estados Unidos segue demasiadamente elevada.

"Estamos fazendo progresso, mas ainda há trabalho a fazer. Precisamos de estabilidade de preços para garantir estabilidade do sistema financeiro", afirmou Barr, durante evento sobre tecnologia no setor financeiro, ao ser questionado sobre como se posiciona em relação à política monetária.

O dirigente tem direito a voto nas decisões monetárias do Conselho Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes