Haddad deixa residência oficial de Lira após reunião de 2 horas sobre subvenções do ICMS

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, deixou nesta quarta-feira, 8, no início da tarde, a residência oficial do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após participar de uma reunião com líderes partidários sobre a proposta que limita o uso das subvenções do ICMS pelas empresas para reduzir a base de cálculo do pagamento dos impostos federais.

O secretário-executivo da Fazenda, Dario Durigan, também participou do encontro.

A mudança nas subvenções do ICMS faz parte do pacote de medidas lançado por Haddad para aumentar a arrecadação federal e, com isso, tentar zerar o déficit das contas públicas em 2024.

O cumprimento da meta fiscal, contudo, enfrenta o ceticismo do mercado financeiro e de alas do Congresso e, recentemente, foi colocado em dúvida pelo próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes