Haddad tem reuniões com Lula, líderes do governo no Congresso e com Marina Silva

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, começa o dia de trabalho com reunião convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto. O encontro será às 9h30 desta segunda-feira, 13, e terá ainda a presença do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e do ministro da Casa Civil, Rui Costa.

À tarde, Haddad recebe o ministro de Relações Institucionais da Presidência, Alexandre Padilha, e os líderes do governo no Parlamento - senador Randolfe Rodrigues (Líder no Congresso), deputado José Guimarães (Líder na Câmara) e o senador Jaques Wagner (Líder no Senado). A reunião vai ocorrer das 14h às 15h no ministério.

O ministro também dedica espaço na sua agenda desta segunda para discutir o Plano de Transição Ecológica (PTE) do governo com a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. A conversa terá início às 17h30. Como o Estadão/Broadcast mostrou semana passada, a pasta da Fazenda se prepara para apresentar na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), que ocorre neste fim do ano em Dubai, os avanços que já obteve na agenda nos dez primeiros meses de governo Lula. A COP28 será realizada entre 30 de novembro e 12 de dezembro, e deve contar com a presença de Haddad e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em sua primeira COP do terceiro mandato.

Os compromissos desta segunda do ministro ainda incluem outras três reuniões, todas também na sede do ministério: às 10h30, ele recebe o administrador e subsecretário-geral do PNUD, Achim Steiner; às 11h30, reúne-se com o presidente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alessandro Octaviani; e, às 15h, tem encontro com o presidente do IBGE, Marcio Pochmann, para tratar de "Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF)".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes