Conselho Europeu anuncia aval final a acordo de comércio com Nova Zelândia

O Conselho Europeu deu sua aprovação final ao acordo de comércio entre a União Europeia e a Nova Zelândia, informa nesta segunda-feira (27) o órgão, em comunicado. "A decisão abre caminho, do lado da UE, para que o acordo entre em vigor", diz o texto, segundo o qual após a Nova Zelândia concluir as exigências e procedimentos legais, o pacto pode entrar em vigor, "provavelmente no início de 2024".

O acordo facilitará o comércio e investimentos, bem como promoverá maior aproximação econômica, o que abrirá oportunidades "significativas" para companhias e clientes dos dois lados. A UE é a terceira maior parceira comercial da Nova Zelândia. O comércio bilateral em bens entre os dois parceiros cresce nos últimos anos, chegando a quase 9,1 bilhões de euros em 2022, diz o texto.

Assim que o acordo entrar em vigor, o comércio bilateral deve crescer até 30% graças a ele, projeta a UE. O investimento do bloco no país tem o potencial de avançar até 80%, acrescenta.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes