Rússia eleva corte voluntário da oferta de petróleo em 200 mil bpd, para 500 mil bpd

A Rússia vai ampliar o seu corte voluntário de oferta de petróleo em 200 mil barris por dia (bpd), para 500 mil bpd, informou o ministro de Energia da Rússia, Alexander Novak. A restrição vale até o fim do primeiro trimestre de 2024 e é uma ação coordenada com alguns outros membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+), disse a autoridade em comunicado nesta quinta-feira, 30, na sequência da reunião ministerial do cartel.

O corte limitará a oferta de petróleo bruto a 300 mil, e a de derivados de petróleo a 200 mil bpd, segundo a nota.

"Posteriormente, a fim de apoiar a estabilidade do mercado, esses volumes adicionais cortados serão devolvidos gradualmente, sujeitos às condições do mercado", declarou Novak.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes