Fitch piora previsões para desempenho econômico da zona do euro, sob efeito dos juros

Após crescimento exíguo em 2023, a Fitch Ratings espera que as principais economias da Europa enfrentem um quadro de recessão já a partir do quarto trimestre deste ano, sob o efeito defasado da agressiva campanha de aperto monetário conduzida pelos bancos centrais da região.

A agência prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro crescerá 0,5% em 2023, conforme a mais recente edição do relatório de perspectivas globais.

A estimativa é 0,1 ponto porcentual menor que a anterior, divulgada em setembro.

A expectativa para o avanço em 2024 foi reduzida de maneira ainda mais forte, de 1,1% para 0,7%.

Para 2025, a instituição espera alta de 1,7%.

A Fitch acredita que o Banco Central Europeu (BCE) começará a cortar juros em abril de 2024, com diminuição acumulado de 75 pontos-base até o final do ano.

Reino Unido

No Reino Unido, a agência elevou a projeção para a expansão do PIB em 2023 (de 0,2% para 0,5%), mas diminuiu a de 2024 (de 0,7% para 0,3%), enquanto a de 2025 foi mantida em 1,8%.

Para a Fitch, o Banco da Inglaterra (BoE) só relaxará a política monetária em agosto.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes