ITE-Facamp sobe 0,7% em outubro, com sinais positivos da indústria e setor externo

A atividade econômica teve crescimento de 0,7% na margem em outubro, de acordo com o Índice de Tendência Econômica (ITE) da Faculdade de Campinas (Facamp).

O resultado positivo do índice, segundo os técnicos da Facamp, reflete "certa recuperação" do setor industrial, ainda que o ritmo dessa retomada seja incerto. "Apesar da estagnação do setor no ano, com contribuição negativa principalmente do grupo de bens de capital e da construção civil, há sinais positivos que podem indicar uma recuperação para 2024", salientam.

A instituição ainda destaca a contribuição positiva do setor externo, com destaque para os resultados da balança comercial em outubro, que registrou recorde para o mês na série histórica. "Esse resultado é fruto não apenas da safra recorde de soja, mas também da queda na importação de combustíveis, reflexo da mudança da política da Petrobrás em relação ao refino (aumento da produção das refinarias nacionais)", salientam.

O ITE/Facamp é calculado a partir do consumo de energia tomando informações públicas disponibilizadas pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O ITE possui um coeficiente de correlação de Pearson (r) de 0,86 ante o IBC-br do Banco Central em outubro de 2023. Em relação ao PIB, o coeficiente de correlação é de 0,80 no terceiro trimestre de 2023.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora