Bolsas da Ásia fecham em alta, após série de estímulos para impulsionar economia chinesa

Por Sergio Caldas*

São Paulo, 25/01/2024 - As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, com as ações chinesas estendendo ganhos recentes, após Pequim anunciar uma série de medidas de estímulo para impulsionar o crescimento da segunda maior economia do mundo.

No terceiro dia consecutivo de ganhos, os mercados da China continental lideraram a onda positiva hoje: o índice Xangai Composto saltou 3,03%, a 2.906,11 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 2,62%, a 1.689,98 pontos.

Ontem, o banco central chinês (PBoC) anunciou um corte na taxa de compulsório bancário que deve injetar cerca de 1 trilhão de yuans (US$ 141 bilhões) na economia. Além disso, divulgou regras para empréstimos direcionados ao setor imobiliário, que enfrenta sérias dificuldades há anos.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng subiu 1,96% em Hong Kong, a 16.211,96 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,71% em Taiwan, a 18.002,62 pontos, enquanto as bolsas de Tóquio e de Seul tiveram ganhos apenas marginais. O japonês Nikkei subiu 0,03%, a 36.236,47 pontos, e o Kospi teve avanço idêntico, de 0,03%, a 2.470,34 pontos, após a Coreia do Sul publicar dados de crescimento um pouco melhores do que o esperado.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul pelo quinto pregão consecutivo, com destaque para o setor minerador. O S&P/ASX 200 avançou 0,48% em Sydney, a 7.555,40 pontos.

Contato: sergio.caldas@estadao.com

*Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes